quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Como Planejar um Casamento


Olá pessoas! Não, eu não vou casar (pelo menos não agora hahaha). Mas, conversando com uma amiga minha e vendo o planejamento da minha irmã, percebi o quanto é difícil planejar um evento como este. 
Nesse post então trago para você noiva, futura noiva, ou apenas curiosa sobre o assunto, os detalhes mais importantes a serem vistos. E esse post conta com a participação especial da queridíssima Taiz de Oliveira, que vai casar em novembro 2016.

Por onde começar?


A melhor forma de calcular quantidades, do bolo ao cerimonial, é definir primeiramente sua lista de convidados. Afinal, é de acordo com ela que você irá saber o tipo de espaço que comporta seus convidados, a quantidade de comidas e bebidas e até mesmo se poderá investir mais na decoração

Dica da Taiz:

"Eu comecei pelos essenciais, amigos próximos e parentes. Depois, fui encaixando amigos de trabalho. Não se sinta obrigado a chamar pessoas por obrigação, eles têm que ter a ver com a sua história!" 

Definição da Data


Depois de feita a lista de convidados, agende sua data com antecedência. Só depois de definida você poderá fechar com todos os fornecedores. 

Dica da Taiz:

"Eu escolhi novembro pois nesse mês o tempo está bom. Não tem muita chuva, e ainda está fresquinho. E se dinheiro é um problema, corte das suas possibilidades o mês de maio! É tudo mais caro."

Fornecedores


Data definida, convidados listados... Agora você está pronta para escolher seus fornecedores. É muito pessoal o gosto de cada um, então não posso indicar fornecedores X ou Y. O ideal é você pesquisar muito (até mesmo para não pagar absurdos!) e ver com parentes e amigos quais eles contrataram, caso você tenha gostado. Quem sabe você não consegue até um desconto pela indicação?

Dica da Taiz:

"Procure provar o cardápio todo, caso você escolha um buffet. A descrição pode ser as mil maravilhas, mas desconfie dos preços muito baratos. Fique atenta também as indicações de outras pessoas e fotos do trabalho, por exemplo da decoração."

O Vestido


Princesa, Sereia, Boêmia, Off White... São tantas as opções! Não se dê à extremos: tente provar um estilo diferente de cada e escolha o ESTILO que mais te agradar. Depois de decidido o tipo de vestido, comece a olhar as opções dentro desse leque. 
Minha irmã sempre quis um vestido tipo princesa, mas quando foi provar ela experimentou também um sereia e um mais levinho. Então ela teve certeza que era o princesa que ela iria querer mesmo! Ou seja, a chance de se arrepender é mínima. 

Dica da Taiz:

"Veja muitas fotos e vá no máximo a três lojas. Caso contrário, a chance de ficar confusa e indecisa é bem maior! 
Leve com você sua mãe, irmãs, e uma madrinha. Tente não levar gente demais, apenas aquelas que realmente terão comentários positivos e que entendam a SUA necessidade."

Escolha das Madrinhas


Tudo fica a seu critério, claro. Mas, o indicado é que o número de casais (pra cada lado) fique entre 4 e 8, dependendo da quantidade de convidados e de amigos queridos. No caso, o mínimo e máximo totalizariam entre 16 e 32 pessoas (contando os da noiva e noivo).

Dica da Taiz:

"Eu escolhi pessoas mais próximas a mim. Aquelas que vão estar do nosso lado pro que der e vier."


Dia de Noiva vale a pena?


Quanto vale a sua paz? No dia do casamento deixe delegado para pessoas de confiança, ou cerimonialista, as tarefas de resolver possíveis problemas. Não se estresse com detalhes no dia!
Procure um local tranquilo, de qualidade e que ofereça o máximo possível de opções. Assim você pode escolher o que quiser, dependendo da sua condição. Até mesmo adicionar um ofurô ou massagem caso você consiga uma graninha extra perto da data.

Serviços básicos: Manicure e pedicure, depilação, cabelo, maquiagem. 
Serviços adicionais: Massagem relaxante, banheira, refeição (almoço, café da tarde, jantar), champagne, roupão personalizado, entre outros.

Dica da Taiz:

"Veja o que é oferecido pelo salão/espaço. As vezes nem compensa pagar tão caro para não fazer "nada". É legal também ver a possibilidade de levar com você outra pessoa (por exemplo sua mãe) para passar o dia e se o fotógrafo está autorizado a tirar fotos suas no local."


Lua de Mel


Depois do casamento vem a lua de mel! Com tantos gastos e estresse, os noivos só precisam de um lugar em que possam relaxar. 
Caso a grana esteja curta, dê preferência para destinos mais em conta. Se você casar no verão, escolha um local mais frio. Se casar no inverno, vá para a praia. Estando fora de temporada os preços são bem melhores!
E não fique chateada se não der para viajar logo de cara. Aproveite seu palácio pessoal: uma casa nova e toda sua! Esperando um pouco mais de tempo vocês poderão se planejar e juntar dinheiro para poder comemorar o primeiro ano de casados.

Dica da Taiz:

"Escolha um lugar bem romântico. Eu e meu noivo discordamos no destino: ele quer praia, e eu quero um lugarzinho mais frio. Ainda estamos tentando encontrar um meio termo!"



Se você tiver mais alguma dica de planejamento, fique a vontade para comentar aqui em baixo! 
Mês que vem mostro aqui as fotos do casamento da minha irmã, que vai ocorrer agora, dia 28/11. 

Obs.: A Constance Zahn e o Casando sem Grana dão dicas bem legais sobre fornecedores e DIY. Confere lá!

Até lá!