sábado, 6 de agosto de 2016

Dica Literária: Orgulho e Preconceito

Orgulho e Preconceito é um grande clássico da literatura inglesa escrito por Jane Austen. Austen viveu entre 1775 - 1817, e escreveu diversos romances, sendo reconhecida pela sua crítica e ironia frente as situações de suas personagens. Suas obras ainda são uma ótima fonte de pesquisa sobre a Era Georgiana britânica.


A história passa-se do ponto de vista de Elizabeth Bennet, uma jovem de bom humor com quatro outras irmãs, residente em uma propriedade rural em  Hertfordshire, não muito longe de Londres. Ela lida com problemas relacionados à educação, cultura, moral, classe social e casamento na sociedade aristocrática do início do século XIX, na Inglaterra. 


Tudo começa quando um jovem rico e solteiro de Londres aluga uma propriedade na vizinhança. Mr. Bingley, que vem com suas duas irmãs, cunhado e seu melhor amigo, Mr. Darcy, participa com seus convidados do baile na cidade, despertando o interesse de todas as jovens solteiras (e suas mães, loucas para casá-las com um bom partido). 
Logo de início começa entre ele e a imã mais velha de Elizabeth, Jane, uma atração mútua, que é vista e comemorada por todos. E assim como a atração ocorre facilmente entre eles, o contrário acontece entre Elizabeth e Mr. Darcy, um homem orgulhoso e arrogante. 


E então toda a história se discorre, cheia de reviravoltas e surpresas. Este é um daqueles livros que dá vontade de manter na cabeceira da cama para ler a todo momento, nunca me cansa!


E o melhor de tudo é que a obra possui várias adaptações para as telas, sendo a mais famosa delas o filme de 2005, com Keira Knightley, Carey Mulligan, Rosamund Pike, Jena Malone e Donald Sutherland. O filme é com certeza uma das melhores versões de livros para o cinema, seguindo quase que fielmente todos os acontecimentos do mesmo.


Número de Páginas: 400  -  Ps. É possível encontrar PDF's do livro facilmente no Google!



Espero que tenha dado muita vontade de conhecer a obra para quem ainda não a conhece, pois é um clássico que vale muitíssimo a pena conhecer (e se apaixonar!).


Um beijo em vocês, até mais!